quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Discos imperdíveis de 2014


E isso aí, chegou o final do ano, que em 2014, não passou tão rápido assim. Enfim, mas musicalmente falando, saiu uma enxurrada de discos. E bom discos, diga-se de passagem. Sério, não deu para acompanhar tudo, mas acho que dá pra fazer um bom início com essa (nada pequena) listinha. Lembrando que esse não é um ‘melhores discos do ano’ (sim, sou idoso e ainda perco meu tempo fazendo isso), e sim os plays mais bacanas que ouvi em 2014. Clique no link abaixo e confira!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Essa banda tem um puta nome

O Whores. (com o pontinho no final, tá?) é mais uma banda bacana da cena de Atlanta (Mastodon, Royal Thunder, Fight Amp, entre muitas outras). É um trio que tem uma fórmula que pode ser definida assim: um pouco de Helmet e de Unsane untado com um molho Tony Iommi na parada. Ouve aí abaixo o EP mais recente dos caras, Clean:

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Que é isso, Mutation? Vocês estão descontrolados...


O Mutation é a brincadeira noise do Ginger Wildheart (do The Wildhearts, lembra?) e do Jon Poole (Cardiacs, The God Damn Whores). A banda ainda conta com o “Brad Pitt” do grindcore, o lendário baixista Shane Embury (Napalm Death). Para completar o time, o pai do eletrônico perturbador Merzbow e o vocalista Mark E Smith do The Fall também participam. E para finalizar o time perturbado, o Mike Patton lança o disco via seu selo Ipecac Records. O som dos caras é indefinível, jogando com todas as vertentes do som extremo, do industrial noise ao death metal. É um Frank Zappa ressuscitando com um exército de demônios. De um refrão grudento e quase pop vem um urro violento e anticlimax. Quando começa a parecer que vai fazer sentido, não faz. Meu amigo, o bagulho é insano. Baixe o Error 500 do ano passado, e baixe também o The Frankenstein Effect, de 2010. E só um detalhe, os 2 álbuns dos caras foram feitos via crowdfunding. Resultado: em poucos dias os caras arranjaram grana para gravar os discos. Escuta aê:


quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Feliz anus novos com o Backtrack

Backtrack, banda nova que é puro hardcore de Nova York. Um pouco de Merauder, Madball, Skarhead, Biohazard (old), entre outras coisas fofas daquela cena. Bem foda, ouve aê:



Para conhecer a discografia dos manos, clique aqui. Para ouvir o disco novo, clique aqui:

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013